Brasil derrota a Colômbia e está na semifinal olímpica 2016

Publicado em

16 de
ago

Autor:

juancarloscunha

Esportes

Brasil derrota a Colômbia e está na semifinal olímpica

Disputa pela vaga na final será com Honduras; Neymar e Luan marcaram

Postado em 14/08/2016 às 00:06

Brasil derrota a Colômbia e está na semifinal olímpica (Foto: MowaPress/Divulgação)
Facebook

Um gol de falta de Neymar, contando com a colaboração da barreira no primeiro tempo, e outro de Luan, com a ajuda do goleiro Bonilla no segundo, colocaram a Seleção Brasileira nas semifinais do torneio de futebol masculino dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Os lances definiram a vitória por 2 a 0 do time anfitrião em uma partida pegada contra a Colômbia, na noite deste sábado, Itaquera.

Honduras será a adversária do Brasil, às 13 horas (de Brasília) de quarta-feira, no Maracanã – mesmo palco da decisão de sábado. Mais cedo, no Mineirão, a seleção caribenha obteve a sua classificação ao ganhar da Coreia do Sul também por 1 a 0, com gol de Alberth Elis.

A outra semifinal das Olimpíadas terá o confronto de dois algozes brasileiros, às 16 horas (de Brasília) de quarta-feira, em Itaquera. A Nigéria, que eliminou a equipe nacional nos Jogos de 1996, em Atlanta, enfrentará a Alemanha, campeã do mundo em 2014 com direito a uma goleada por 7 a 1 sobre o Brasil na semifinal.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 2 X 0 COLÔMBIA

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 13 de agosto de 2016, sábado
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Cuneyt Cakir (TUR)
Assistentes: Bahattin Duran (TUR) e Tarik Ongun (TUR)
Público: 41.560 pessoas
Cartões amarelos: Neymar (Brasil); Palacios, Lerma, Barrios, Preciado, Miguel Borja e Téo Gutiérrez (Colômbia)
Gols: BRASIL: Neymar, aos 11 minutos do primeiro tempo, e Luan, aos 38 minutos do segundo tempo

BRASIL: Weverton; Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos; Walace, Renato Augusto e Luan; Gabriel (Thiago Maia), Neymar e Gabriel Jesus (Rafinha)
Técnico: Rogério Micale

COLÔMBIA: Bonilla; Palacios, Tesillo, Balanta e Cristian Borja; Lerma, Barrios (Pérez) e Roa (Rodríguez); Pabón, Téo Gutiérrez e Preciado (Miguel Borja)
Técnico: Carlos Alberto Restrepo

 
Deixe seu comentário!